"A água é potável
Daqui você pode beber"

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Um prazer inenarrável



Cheguei atrasada no trabalho hoje e pedi desculpas a uma uma paciente super elegante, dessas de 55 anos. Ela me respondeu que tudo bem, que o trânsito em São Paulo piorava a cada dia, etc, etc, etc...

E justo quando eu pensei que ela iria entrar no papo de construir mais vias, proibir caminhões, aumentar o rodízio.... ela me falou com a boca bem cheia: "Onde já se viu não ter ciclovia numa cidade como essa? Se tivesse ciclovia, eu iria trabalhar de bicicleta! E o meu marido também! A gente não tem alternativa de ônibus e metrô no caminho que a gente percorre! Tenho que usar o carro. Hoje eu gasto meia hora pra chegar em casa. No ano passado eu gastava 15 minutos!"

E continuou: "Olha, eu gosto do Kassab. Ele é inteligente, ele é culto, viajado... como é que não sabe o quanto não mudaria o perfil do trânsito dessa cidade construindo ciclovias? Como é que não sabe disso? E, poxa, é bem mais barato do que construir ponte, né?! Sabe, quantas pessoas não iriam trocar o carro pela bicicleta? Ía diminuir o trânsito."

Eu não quis nem entrar no assunto de montadoras e outros interesses. Já tava bom. Fiquei feliz logo cedinho.
Politicagens à parte, foi um prazer inenarrável.

4 comentários:

Silvio Tambara disse...

Genial!

Fourier disse...

Demais essa experiência!

Muito boa mesmo!

A cidade quer pedalar, eu sinto isso. Só falta mais um pouquinho de incentivo!

marciocampos disse...

hein ? assim de graça, do nada mesmo ? ahhh...para com isso, menina, você tá querendo só animar a gente...hehehehe....

tessie27 disse...

hehe, pois é! Foi assim, como quem não quer nada, de repente escuto isso logo de manhã!! Foi uma delícia!